Buscar

TRABALHADOR: A SUA SAÚDE MENTAL IMPORTA, SIM!

TRABALHADOR: A SUA SAÚDE MENTAL IMPORTA, SIM!


RELAÇÃO ENTRE HOMEM E TRABALHO


A relação entre homem e trabalho ao longo do tempo vem se tornando cada vez mais complexa e modificando os determinantes do processo saúde doença.

O ambiente de trabalho é considerado gerador de novos riscos que resultam em maior exigência e sobrecarga para trabalhadores. As mudanças se configuram em aumento do ritmo de trabalho, longas jornadas, pressão de tempo, repetitividade e monotonia de tarefas, conflitos de papéis, conflitos interpessoais, isolamento social, falta de poder de decisão e maior controle da força de trabalho. O sofrimento é vivenciado quando é experimentado o desgaste em relação ao trabalho que vem na forma de desânimo e descontentamento. O sofrimento, em um primeiro momento, é o limite entre a saúde e a doença. É visto como um processo dinâmico vinculado à organização do trabalho (DEJOURS; ABDOUCHELI; JAYET, 1994).


COMO O MEU TRABALHO PODE ME ADOECER?

Um ambiente de trabalho negativo ou com muita pressão e competitividade não saudável, pode causar problemas de saúde física e mental, milhões de pessoas sofrem com depressão por causa do sentimento de incapacidade dentro do local de trabalho. Quando você levanta da cama toda manhã sem vontade de viver, com medo de ir trabalhar, com desânimo e tristeza, sente que perdeu o seu ritmo de produtividade, e tem vontade de faltar ao trabalho, são sinais de que você não se sente bem no seu emprego, e que ele está interferindo na sua saúde mental e física.

Com esses sintomas você (trabalhador), pode desenvolver diversos transtornos psíquicos, os mais comuns são: ansiedade, depressão e síndrome de burnout. Entenda eles:

Ansiedade: é uma reação do corpo ao perigo, ela está presente no ciclo de vida do ser humano, porém em situações estressantes, ela fica em um nível mais alto, causando angustia, crise de choro, falta de ar e respiração ofegante, dores no peito, insônia e enjoos. Os sinais da ansiedade podem se manifestar psicologicamente e fisicamente, e é preciso ficar atento a esses sintomas para que você possa medir o quanto a ansiedade está atrapalhando a sua vida e suas atividades rotineiras.

Depressão: ela é recorrente a alteração do humor caracterizada por uma tristeza profunda, sem fim, associada a sentimento de dor, baixa autoestima, te deixa sem vontade de fazer coisas da rotina (exemplo: levantar da cama, fazer suas refeições), está associado também a falta de apetite e distúrbios de sono. Causa uma tristeza sem a pessoa saber o motivo. Os quadros variam de intensidade e duração e podem ser classificados em três diferentes graus: leves, moderados e graves.

Síndrome de Burnout: também conhecida como Síndrome do Esgotamento Profissional, tem sintomas de exaustão extrema, estresse e esgotamento físico resultante de situações de trabalho desgastante, que demandam muita competitividade ou responsabilidade. A principal causa da doença é justamente o excesso de trabalho.


COMO UM PSICÓLOGO PODE TE AJUDAR A PREVENIR ESSAS DOENÇAS?


O psicólogo tem como função, avaliar o comportamento humano e pode identificar possíveis transtornos mentais que precisarão de tratamento especializado. Com a ideia de acolher e compreender o paciente, mudando alguns cenários que trazem estresse e ansiedade.

O Atendimento Psicológico vê a importância do bem-estar psicológico dos clientes, pois ele é um profissional capacitado para lidar com pessoas e suas relações. Por meio de estratégias o psicólogo, pode te auxiliar a se tornar uma pessoa capaz de modificar seu cotidiano, suas relações e com capacidade de decidir sobre novas situações nos diversos âmbitos de sua vida: profissional, pessoal e social, está auxiliando o ser humano a viver as adversidades e desenvolver o melhor de si, aproveitando essas adversidades para transformar-se biológica, cognitiva, social, e espiritualmente, ou seja, atuando a favor da integridade do cliente.

O atendimento psicológico é uma ferramenta de importância significativa para a reconstrução da saúde psíquica. A saúde integrada não é uma conquista passiva, mas sim uma conquista que pode ser facilitada mediante ao atendimento psicológico.

PSICODINÂMICA NO TRABALHO


A psicodinâmica é um conjunto de fatores de natureza mental e emocional que motivam o comportamento humano, especialmente os que aparecem como reação inconsciente aos estímulos ambientais. Relacionado ao trabalho, ela foi desenvolvida na França em 1980 pelo psicanalista Christophe Dejours, que investiga os mecanismos de defesa dos trabalhadores frente às situações causadores de sofrimento decorrentes do local de trabalho.

Na psicodinâmica é inaceitável a separação entre trabalhador e ser humano, ou seja, o indivíduo dentro do trabalho e o indivíduo fora do trabalho.

As questões da vida pessoa não podem interferir no trabalho, bem como as questões do trabalho não podem interferir na vida pessoal, para tanto é correto afirmar que o ser humano é um todo indivisível.

O QUE FAZER PARA AS QUESTÕES DO TRABALHO NÃO INTERFIRAM NA MINHA VIDA PESSOAL?


Acredito que nesse processo é muito importante ter o autoconhecimento, perceber seus próprios gostos, necessidades e limitações, o autoconhecimento faz você enxergar a sua identidade e seu valor pessoal. Ao guardar os seus sentimentos, acabam acumulando angústias e nisso, resulta em patologias. Então, devemos buscar atividades que diminuem a tensão do dia a dia, atividades que te dão prazer e faça com que você esqueça do trabalho, exemplo: caminhar, cozinhar, meditação, assistir filmes e series, entre outros.

É muito importante tirar um tempo pra você, e para se cuidar.

Além disso, você pode também:

· Conversar com o seu gestor sobre as questões que implicam o seu trabalho;

· Organizar uma rotina pessoal e profissional;

· Separar assuntos pessoais dos profissionais;

· Compartilhar suas dificuldades;

· Auto Controle (capacidade de controlar as emoções e desejos);

A terapia tem uma grande importância nesse momento, pois oferece um olhar sem julgamentos, e com o intuito de acolher, visando fortalecer o paciente, contribuindo para que a resolução dos conflitos seja a mais tranquila o possível. Ter um psicólogo ao seu lado, fará com que você olhe de modos diferentes para a vida, abrirá caminhos que você não tinha conhecimento. Fazer psicoterapia é perceber a si mesmo, e o outro. É olhar para si mesmo com amor, respeito e generosidade.

Não guarde suas dores e seus conflitos internos para você, não precisa carregar esse fardo sozinho.

39 visualizações

Politicas OMSA

Suporte

Cadastro OMSA

ATENÇÃO
Este site não oferece tratamento ou aconselhamento imediato para pessoas em crise suicida. Em caso de crise, ligue para 188 (CVV) ou acesse o site www.cvv.org.br . Em caso de emergência, procure atendimento em um hospital mais próximo.

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Organização Multidisciplinar de Saúde Aplicada

29.900.423/0001-40

Jaguariúna - SP